Blog Tweed

21 de novembro de 2016

0

Minha transição capilar

Antes e depois!

Quem me segue pelas redes sociais já percebeu que agora estou com meu cabelo cacheado. Alisei meu cabelo desde meus 12 anos. É aquela coisa, o alisamento me "salvou" das piadas de mal gosto das crianças que me magoavam tanto. Só que eu não me lembrava mais de como eu era. Eu ficava mal quando minha raiz crescia e fazia de tudo para que meu cabelo """ruim""" não aparecesse, mesmo que eu já não soubesse como ele era de fato, afinal fazia tanto tempo que eu não o via natural. 

A última vez que alisei foi em agosto de 2014, alguns dias antes de viajar para os Estados Unidos para meu intercâmbio de um ano. Eu estava com 20 anos, ou seja, 8 anos de alisamento sem parar. Nem preciso dizer que meu cabelo era super seco e quebrado né. Os meses começaram a passar lá e a raiz começou a aparecer. Então dá-lhe fazer chapinha em cima de chapinha. Chegou a um ponto de ter crescido tanto que eu lavava o cabelo quase uma vez por semana porque tinha que fazer chapinha sempre depois de lavar e eu estava levando quase 2 horas para alisar todo cabelo (tenho muita cabelo haha). Chegou ao ponto de eu fazer chapinha enquanto assistia um filme, assim ficava "menos pior" ter que perder esse tempo. Em dezembro, cheguei a cortar 4 dedos de cabelo porque ele estava acabado. Depois disso, comecei a achar que a situação estava ficando ridícula. 

A foto de agosto foi na semana em que cheguei no EUA, já as de dezembro são de como estava minha raiz na época e logo depois do meu corte de 4 dedos de pontas quebradas e duplas.
Depois das festas e viagem de Ano Novo, tentei aceitar mais meu cabelo. Ele estava assim, já praticamente metade alisado e metade natural, sem alisamento. Quando eu tinha coragem/preguiça, eu saía sem chapinha mesmo.

Foi em maio de 2015 que comecei a aceitar meu cabelo com tudo mesmo. Aproveitei que ia mudar de cidade para fazer estágio, já que quase nada é melhor do que uma mudança de local para mudar quem você é haha. Eu deixei de fazer chapinha por completo. Minha raiz já estava cobrindo cerca de 2/3 do cabelo inteiro. Passei a fazer babyliss nas pontas para tentar igualar o cabelo. 

A primeira foto foi duas semanas assim que eu me mudei. Na segunda, dá pra perceber o babyliss na ponta do cabelo. Já as fotos de julho era como eu ia para meu estágio, fazia babyliss nas pontas de manhã mas no fim do dia já tinha saído tudo haha

E foi assim que fui embora dos EUA, após um ano de transição. Essa foto foi tirada na minha última semana lá.

Assim que voltei pro Brasil, escolhi deixar meu cabelo crescer um pouco mais antes de cortar as pontas alisadas. Tenho sorte que meu cabelo cresce relativamente rápido, então cortei todas as pontas um pouco depois do eu aniversário, em dezembro. Foi no mesmo salão em que passei anos alisando o cabelo. Fiquei tão feliz quando a dona/cabeleireira super me apoiou e me parabenizou.

A primeira foto foi duas semanas antes de fazer o corte. A segunda, uma semana depois. A última é como meu cabelo está crescendo natural. Não tenho nenhuma que eu considere boa de agora. Preciso atualizar minhas fotos do cabelo, afinal já já é dezembro haha

E foi essa minha jornada de voltar ao natural, a ser quem eu realmente sou. Achei que fosse mais fácil ter cabelo naturalmente cacheado, mas tem dias que dá vontade de desistir haha. Passo meia hora ajeitando os cachos depois do banho. Tenho que proteger o cabelo enquanto durmo se quiser que ele fique direitinho pro dia seguinte. Tenho que me preocupar com frizz, pior coisa do mundo cacheado. Tenho que prender ele às vezes porque fica quente. A parte boa é que aprendi mil coisas sobre cabelo que eu jamais imaginei que existiam. 

Enfim, dá um trabalhão haha. É muito mais fácil pagar centenas de reais a cada 3 meses e só passar a escova depois do banho e quando acorda. Mas nada paga a sensação de olhar no espelho e saber que aquela é você de verdade e que você e seu cabelo são lindos sim, curando as feridas do passado. 



0

Vamos voltar? Vamos!

Gente, não sei mais quantas vezes eu já deixei o blog e já voltei haha



Vamos lá tentar voltar mais uma vez. Acho que essa última pausa foi a maior de todas, afinal fiquei fora do blog de fato por mais de um ano, assim que voltei do meu intercâmbio. Desde lá aconteceram muitas coisas. Já defendi meu TCC, aderi à "moda" de aceitar meu cabelo cacheado (moda boa essa que faz com que nos aceitemos como somos né, todas deveriam ser assim) e já vou terminar a faculdade neste final de ano, tanto que sou a Presidente da Comissão de Formatura!

Enfim, muita coisa aconteceu e ainda acontece, por isso vou voltar pro blog para contar um pouco da minha vida e dar dicas de produtos super legais que estou descobrindo para o cabelo, maquiagem e roupas também. 

Estou ansiosa por estar de volta. E vocês?  

3 de setembro de 2016

0

Já conhece o Canva?



Lançado recentemente no Brasil, o Canva chegou como um software de design gráfico super fácil de usar e completamente online, o que facilita muito as coisas não é? Criado em 2012, o site já tem mais de 10 milhões de usuários em mais de 197 países. 


Eu testei o site e realmente é muito legal. Há várias opções de layouts já previamente prontos, em que você pode editar o texto e deixar do jeitinho que prefere. Tem designs para usar no Facebook, Tumblr, Twitter, Blogger e no que sua imaginação permitir. 

Clique aqui para visitar o Canva e experimentar você também!

28 de agosto de 2015

0

Já conhece a Fashionmia?


Vocês sabem que eu amo compras online, ainda mais quando é barato, não é? Quem não ama? haha. Tive a oportunidade de conhecer a loja Fashionmia, uma loja online em que a maioria dos produtos têm descontos incríveis, alguns chegando até a 90% de desconto.

Por ser uma loja internacional, ela vende em dólar. Se você entrar no site, vai ver que eles têm vestidos lindos (amo vestidos), além de acessórios, blusas e outras peças de roupa. Separei algumas para vocês se apaixonarem comigo:

Vestido 1 | Vestido 2 | Vestido 3 | Vestido 4
Lembrando que, quando você vai comprar online, você tem sempre que prestar atenção nas estatísticas do site, se o índice de aprovação do site é bom e se as reclamações são poucas, afinal nada é perfeito. O Fashionmia tem boa avaliação e baixa taxa de reclamações, então é seguro comprar lá.

Você ainda pode receber um desconto de 5% no seu primeiro pedido se você se cadastrar no site! Clique Aqui para ir para o site.

Esse post é um publieditorial

26 de agosto de 2015

0

Viajando com a Avianca

Vim fazer esse post para vocês conhecerem um pouco mais sobre a Avianca Linhas Aéreas. Não é publieditorial nem nada, só quero compartilhar a boa experiência que venho tendo com a empresa.



Ano passado, quando me mudei para os Estados Unidos, viajei de Avianca para lá, fazendo conexão por Bogotá. A empresa é colombiana, por isso sua sede fica em Bogotá, fazendo com que os voos façam conexão ou escala por lá. Quando eu voltei no último final de semana, fui com a Avianca passando pelo mesmo caminho. 

O serviço da empresa é muito bom em relação a voos internacionais. 

Todas as poltronas, seja primeira classe ou econômica, tem uma tv na frente, onde você pode assistir filmes, séries, ouvir música, jogar alguns jogos e acompanhar o seu voo, tudo de graça! Além de ter muitaaas opções.


Foram oferecidos nos dois voos (um de Miami para Bogotá e outro de Bogotá para Fortaleza) um kit com travesseiro e um cobertor.


O que eu considerei como diferencial foi a alimentação. Eles lhe entregam realmente uma refeição. No primeiro voo eu pude escolher entre carne ou massa. Meu prato de carne veio com legumes, alguns grãos que deduzo serem típicos da Colômbia, pão e uma sobremesa. No segundo voo, as opções eram ovos mexidos ou waflles, já que era o café da manhã. Os ovos vieram com frios, pão e frutas.

Jantar no primeiro voo. Tinha até vinho, sem pagar nada a mais.
Café da manhã no segundo voo.
O serviço da Avianca é muito bom, sem contar os preços baixos. Na ida, paguei cerca de $400 e agora na volta, cerca de $485 (a maioria dos voos era acima de $800). Sem contar que o voo da volta só durou 13h, enquanto tinham outros que duravam mais de 20h.

Realmente recomendo a Avianca para quem for viajar pelo continente americano. Vale a pena. Além disso, quem quiser pesquisar voos baratos, eu uso o site Skyscanner. Ele dá opções mais baratas do que todos os outros que eu já vi. 
© Blog Tweed - 2014. Todos os direitos reservados. Criado por: Thaís Oliveira . Tecnologia do Blogger .
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...